Apex Legends e CS:GO: Cheaters têm dados pessoais roubados

 
Centenas de jogadores que utilizam programas de trapaça em jogos (Cheaters) como Counter-Strike: Global Offensive e Apex Legends tiveram seus dados pessoais roubados por um malware.

Baldr é um malware, software desenvolvido com o objetivo de danificar ou incapacitar computadores e sistemas. O malware estava inserido no código do programa utilizado para trapacear em videogames.

De acordo com um relatório produzido pela Sophos, desenvolvedora e fornecedora de software e de hardware de segurança, o Baldr podia ser encontrado em cheats disponibilizados na internet. Achei melhor não publicar o nome dos cheats aqui, para não propagar esse tipo de anomalia (cheaters).

Segundo a Sophos, o malware rouba dados financeiros, credenciais de plataformas de games e logins e senhas de serviços de compra como Amazon e Paypal.

Em entrevista ao Kotaku, Albert Zsigovits, pesquisador de ameaças da Sophos, afirmou que continua rastreando o malware e que a maior parte dos casos que envolvem o Baldr aconteceram em países como Brasil, Rússia, Estados Unidos e Indonésia. Embora o pico do malware tenha acontecido em maio, ele continua sendo utilizado na internet para roubar dados.
Share on Google Plus

About Over

Traficante de metanfetamina trainee, pseudo-blogueiro e autoproclamado interneteiro topzera zycamemo. Escrevi e sai correndo, pau no cu de quem tá lendo.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário